covid-19: Preciso adiar meu casamento. E agora?

SAIBA EXATAMENTE O QUE FAZER EM 5 PASSOS.

Você pensou que tantas coisas pudessem acontecer... menos isso.

Eu sei que você está comovida com a situação mas também sei que está preocupada com o fato de precisar adiar o seu casamento!

Sim. A realidade não é favorável!

Nós, organizadores de eventos, estamos lidando com muitas lágrimas e poucas opções e isso nos faz sentir de mãos atadas. 

Mas, como não há nenhum problema nesse mundo que não tenha uma solução,

eis aqui um passo - a - passo para você resolver essa questão!

Meu Deus!

Primeiro, acalme-se: o mais importante você já tem - um noivo e muitos motivos para querer que ele seja o homem da sua vida.

Entenda que esta situação está além do seu controle e que você precisará dançar conforme a música dessa vez.

Nem sempre compreendemos as razões dos problemas que enfrentamos nessa vida, mas é bom termos uma certeza: É preciso enfrentar o problema de frente - e eliminá-lo. 

Diante disso, simplesmente agradeça: pela sua saúde - pela sua família - pela sua inteligência e pela sua capacidade de fazer de um limão, uma limonada. Vamos lá?

Segundo Passo: Você contratou uma Assessora de Casamento ou Cerimonialista?

 

Se sim, agende uma reunião com ela (por whatsapp, skype ou outro app que permita que você e seu noivo possam interagir com ela).

 

Pergunte para ela qual é o plano B e avalie o que for apresentado. Não tem Assessoria?

Clique aqui OU continue a leitura...

Terceiro Passo: Converse com o seu noivo e encontrem uma nova data. Vou te dar algumas razões para isso:

  • Os cartórios não estão agendando casamentos.

  • Os casamentos religiosos estão sendo permitidos na forma canônica - celebrante, pais e 2 testemunhas (sem a presença de nenhuma equipe profissional, nem mesmo fotógrafos).

  • Todos os locais para eventos estão fechados aguardando determinações do ministério público ou prefeituras locais previstas para 12/04/2020.

  • E mesmo que você pense em "burlar" tudo isso: Todos os convidados ficarão com medo de ir ao seu casamento e seus avós (se vivos) provavelmente não poderão comparecer.

Mas, Vanessa, eu quero manter a data - Tenho opções? 

SIM! 

Opção 1: Faça um casamento intimista, civil ou religioso na forma canônica. Uma das testemunhas poderá fazer uma transmissão ao vivo.

Opção 2: Realizar o casamento civil na data prevista e adiar o religioso para quando essa turbulência passar.

Vanessa, eu quero continuar, qual próximo passo? - Vem comigo...

Quarto Passo: Após definir a nova data junto ao seu noivo (mais de uma opção se possível) e para a partir de Setembro-2020, faça uma lista com todos os fornecedores contratados e verifique se eles tem as datas que escolheu disponíveis. 

Dica: Deixe o whats de lado se possível e faça uma ligação telefônica. Seja educada e objetiva (não deixe transparecer seu desespero).

 

Quando conseguir contato com o fornecedor...

 

cumprimente, pergunte se ele tem as datas disponíveis e justifique (após a confirmação do fornecedor) que você está analisando a possibilidade de alterar a data do casamento, mas que você fará um novo contato em breve.

 

Peça para que o fornecedor lhe conceda uma pré-reserva da data, para que durante as verificações você não perca a disponibilidade dos fornecedores que confirmarem.

Quinto Passo: Analise a disponibilidade dos fornecedores da lista.

 

Caso algum dos fornecedores não tenha disponibilidade, considere substituí-lo.

 

Verifique a data que tem maior disponibilidade de fornecedores.

 

Converse novamente com seu noivo e considerem a nova data.

 

Decisão tomada: ligue para os fornecedores disponíveis e converse sobre a alteração de data. 

 

Peça para que considerem o motivo e que não cobrem multas nem imponham obstáculos - muito pelo contrário - unam-se e ajudem-se. 

Querida, quero te contar uma coisinha aqui, acho que de alguma forma irá confortá-la:

Quando eu fui me casar, em Novembro de 2008, eu também precisei adiar meu casamento.

Na ocasião meu pai brigou com o meu noivo e eu precisei reconsiderar pois a presença dos dois era fundamental para mim, tinha significado. Eu peguei o telefone amiga e renegociei com todos os fornecedores. Depois conversei com todos os convidados. E respondi inúmeras vezes o que tinha acontecido. Confesso que fiquei cansada,

questionei a situação, chorei. Parecia imaturo chorar mas eu senti muito ter que adiar meu casamento. No entanto,

a decisão estava tomada. Meu casamento aconteceu dois meses depois: em Janeiro de 2009.  Tive tempo para me recuperar emocionalmente e trabalhar na reconciliação do meu pai com meu noivo.

Meu pai não foi na cerimônia, que aconteceu na nova data escolhida, por motivos de saúde. Mas ele me abençoou por telefone. E a benção de um pai.... ui... tem peso não é mesmo? E , SIM, foi a melhor decisão - nenhum arrependimento.

 

 

O ideal é que sua Assessora de Casamento realize esse passo a passo e poupe vocês de todo o trabalho.

 

Afinal, nesse momento é hora de botar as manguinhas de negociadora profissional de fora! E essa é uma habilidade que ela desenvolveu quando se formou.

 

Caso você não tenha contratado assessoria matrimonial ou uma cerimonialista -                Considere essa opção!

 Olha só:

      Eu preparei uma proposta especial para você :

PROPOSTA ESPECIAL - ASSESSORIA MATRIMONIAL VIDA ROSA PRODUTORA

Quer mais? SÓ CLICAR..

NOIVA, você sabe como eu vejo você? - eis aqui uma carta completamente sincera.

Assessoria Matrimonial Vida Rosa Produtora - Especial Para Você ! Perde não!

 

                                                                                      Prontinho! Ajudei? Espero que sim.