Olá. Eu quero te contar uma coisa. Eu quero te contar como eu vejo você

Quero pedir para você fechar os olhos por 5 segundos e respirar profundamente: inspirando em 1, 2, 3, 4, 5 e expirando lentamente em 5, 4, 3, 2,1.

 

Faz isso.

 

Quando terminar, volte aqui . E vamos fazer uma viagem.  E nessa viagem mental eu vou te mostrar o meu sonho e eu vou mostrar como eu vejo você - noiva.

Vamos começar.

Você não dormiu muito bem.

Por mais que tudo esteja contratado você tem medo de ter esquecido algum detalhe.

Você andou tendo uns pesadelos com a sua cerimônia de casamento.

Mas, e agora? Chegou o Grande Dia. Sim: é o dia do seu casamento.

Você parece anestesiada. Não é uma emoção conhecida.

No fundo você sabe que vai dar tudo certo. A parte difícil é "entregar "sabendo que não há mais nada a fazer.

Não existe ninguém para culpar: se algo der errado - deu errado.

E o que é dar errado?

Acalma um pouco. Não deixe o medo dominar a sua mente. Você é um ser humano e tem permissão para errar. Além disso, nada é irreversível.

O telefone toca interrompendo os seus pensamentos. Quem é?

É alguém que você confia muito.

Essa pessoa te diz esteve no local do evento e que está tudo perfeito.

Ok! Por um instante, você fica aliviada. 

Você se levanta e se olha no espelho. Toma um banho. Prepara sua bolsa com os itens que acha que poderá precisar. 

Você sabe que tem que comer mas… cadê a fome?

Seu telefone toca novamente. Agora a pessoa do outro lado da linha sou EU.

_ Oi querida tudo bem? 

Você fica em silêncio, presa na questão. Eu percebo e continuo:

_ Quero te dizer que Deus está com você neste momento e preparou esse dia antes de você pensar nele. Eu e os outros fornecedores somos apenas instrumentos necessários para a realização do seu planejamento.

Me escute...

Você é especial para Deus, para o homem que você escolheu e para todas as pessoas que você convidou. Não vai faltar nada. Você receberá tudo o que sonhou e um pouco mais. Estou aqui. Serei seus olhos. Conte comigo. * fim da chamada.

Nossa, você quase se esqueceu que há algo maior que você cultivando o seu caminho. Você quase esqueceu quem você é perdida nas tarefas a fazer. Mas a verdade é que você é a noiva e este é o

seu casamento. Sua vida recomeça nesse ponto.

Você é a noiva.

Sabendo disso, você vai para o salão mais animada.

O tempo passa depressa.

Os fotógrafos chegam.

Você precisa se vestir.

É agora! Você vai vestir o seu vestido de noiva!

E quando você se vê… acontece uma pausa:

Você percebe o quanto é linda. Percebe o quanto brilha. E toma consciência de que valeu a pena escolher estar aqui.

 

Alguém chega pra te buscar. 

Você segue ansiosa pelo caminho, olhando os detalhes das suas unhas, do seu vestido, do seu buquê.

Enfim, o motorista interrompe sua contemplação e fala em alto e bom tom: CHEGAMOS.

E o que você sente é uma enorme vontade de chorar.  Nisso, você se lembra que não comeu e sente medo de desmaiar. Nossa, você não esperava por isso.

Vem uma equipe correndo ao seu encontro. Você desce do carro rapidamente com a ajuda dessas pessoas que sorriem e rapidamente alinham seu seu vestido, véu, cabelo, buquê. E sim, uma delas percebe seus olhos cheios de lágrimas:

 

_ fica tranquila, pode chorar, maquiagem de noiva é a prova d’água. E você não contém um risinho de ironia e alívio,  muito oportuno. Afinal, você entende que essa pessoa está com a melhor das intenções.

mais que isso: você confia nela.

 

Essa pessoa acompanhou seu planejamento, sabe quem você é, conhece a história do seu relacionamento e sabe o que você quer. Ela também te ligou mais cedo e entendeu que você simplesmente não conseguiu falar com ela porque você precisava realmente ouvir algo proveitoso e estava um pouco irritada e sem muita vontade de conversar. Não precisa explicar os motivos, ela já compreendeu. Não precisa se desculpar por absolutamente nada: uma assessora de casamento que se envolve de verdade com a noiva não precisa ouvir nem sequer "obrigado".

 

Mas você já está ATRÁS DA PORTA FECHADA.

E há um silêncio absoluto. Você quer um abraço: " vem cá, dá tempo…

 

E a porta se abre.

                       .............................................................. :::

Você é incrível!  Esse é o seu dia. É assim que eu vejo você: NOIVA!

Não importa o lugar. Não importa se terá um banquete enorme ou não. Não importa quantas pessoas importantes estão ansiosas aguardando você passar. Eu vejo você. E por isso EU SEI que a razão dessa cerimônia e de todo o planejamento, é alguém e não alguma coisa - e esse alguém está no altar, perplexo, olhando você entrar. Majestosa. Rainha. Digna. Simplesmente... você.

Bree é uma fonte animada e de destaque inspirada na escrita manual. Com certeza você vai chamar a atenção do leitor, especialmente em parágrafos curtos.